Fórmula 1

Sebastian Vettel vence no Canadá e reassume o comando do campeonato

Sebastian Vettel dominou o Grande Prémio do Canadá de Fórmula 1, que este domingo se disputou no Circuito Gilles Villeneuve, em Montreal, e com isso reassumiu a liderança do campeonato.

O alemão da Ferrari liderou a prova desde o seu começo, aproveitando a ‘pole position’ para assumir o comando mal na largada, e depois controlou sempre a sua diferença sobre Valtteri Bottas, segundo no final para conseguir o seu terceiro triunfo da época.

Vettel foi um dos últimos pilotos a trocar de pneus, fazendo-o uma volta antes de Bottas, que perto do final cometeu um erro que o deixou mais longe do alemão, que durante a prova bateu várias vezes o recorde de volta, sem contudo o acabar por conseguir.

No entanto, o facto de Lewis Hamilton ter terminado a prova apenas na quarta posição permitiu a Sebastian Vettel regressar ao comando do ‘Mundial’ de pilotos, ainda que com apenas um ponto de vantagem sobre o Campeão do Mundo.

O britânico da Mercedes conseguiu manter-se atrás de Max Verstappen no começo da corrida, mas enquanto o holandês da Red Bull se conseguiu aproximar de Bottas após as paragens nas boxes, com Hamilton aconteceu exatamente o oposto, pois perdeu uma posição para Daniel Ricciardo, que tal como o seu companheiro de equipa iniciou a prova com pneus ultra macios, antes de trocarem para a mistura super macia da Pirelli, como todos os outros pilotos.

Numa prova marcada por um acidente entre Brendon Hartley e Lance Stroll, que eliminou desde logo o neozelandês da Toro Rosso e o canadiano da Williams, Hamilton apenas conseguiu manter-se à frente de Kimi Raikkonen, que foi o menos rápido dos seis pilotos das equipas de topo e assim terminou na correspondente sexta posição.

Nico Hulkenberg assumiu-se bem cedo como o candidato a melhor dos ‘outros’, ainda que no começo da corrida esse estatuto tenha pertencido a Esteban Ocon. Contudo o francês da Force India acabaria por se atrasar no seu ‘pit-stop’, quando teve problema com o sistema que eleva o carro. E a partir de então foi o alemão da Renault quem ‘mandou’ na sétima posição.

Carlos Sainz Jr foi oitavo, ainda que no começo da corrida tenha protagonizado um toque em Sergio Perez que os comissários desportivos consideraram como incidente de corrida. O espanhol da Renault terminaria assim à frente de Esteban Ocon e Charles Leclerc, que assim deu um importante ponto à Sauber.

O jovem monegasco deu nas vistas na fase inicial da corrida, quando conseguiu manter atrás de si Fernando Alonso, que viria a abandonar com problemas no sistema de escape do McLaren Mercedes # 14.

Classificação

1º Sebastian Vettel (Ferrari) 69 voltas

2º Valtteri Bottas (Mercedes) + 6,496s

3º Max Verstappen (Red Bull) + 7,702s

4º Daniel Ricciardo (Red Bull) + 19,625s

5º Lewis Hamilton (Mercedes) + 21,408s

6º Kimi Raikkonen (Ferrari) + 27,308s

7º Nico Hulkenberg (Renault) + 1 volta

8º Carlos Sainz Jr (Renault) + 1 volta

9º Esteban Ocon (Force India) + 1 volta

10º Charles Leclerc (Sauber) + 1 volta

Mais partilhadas da semana

Subir