Sociedade

SCUT custam 4,4 mil milhões ao Estado até 2025

scutAs scut, vias denominadas “sem custo para o utilizador”, são afinal pagas a preço de ouro, quer pelos utilizadores, quer pelo Estado. A fatura é elevada: 4,4 mil milhões para o erário público, até 2025, segundo um relatório da Inspeção-Geral das Finanças. Estas vias só deixam de dar prejuízo dentro de 14 anos…

No dia em que o TGV volta à capas dos jornais, surge um relatório das Finanças que mostram outro investimento com preço elevado para as contas do Estado. Até 2025, as scut e ex-scut – que, entretanto, já têm portagem – vão custar ao Estado uma fortuna.

Estima-se que nestes 14 anos tenham um custo de manutenção de 4433 milhões de euros. Esta verba resulta de uma acumulação de despesa inferior à receita, durante este período.

Os números foram divulgados pela agência Lusa, que teve acesso a um relatório que analisa a sustentabilidade económica da empresa Estradas de Portugal.

Mais partilhadas da semana

Subir