Apresentações/Novidades

Salão do Porto espelha mercado nacional

O Salão Automóvel do Porto 2018 já abriu as suas portas ao público, afirmando-se com um dos mais importantes acontecimentos do ano no setor.

Na Exponor estão presentes algumas das marcas mais importantes da indústria automóvel, mostrando o que de mais relevante possuem no mercado, ainda que em alguns casos o ‘timming’ da exposição não as tenha favorecidos, já que alguns construtores têm previsto certos lançamentos de novos modelos mais para o final do ano.

Fotos: Ricardo Cachadinha

Ainda assim, o certame merece uma visita cuidada para quem quer conhecer novidades do setor automóvel, experimentar mesmo alguns modelos e até adquiri-los, pois para além dos ensaios há oportunidades de negócio.

O CEIIA é talvez o fabricante que se destaca dos demais, pois trata-se de uma empresa nacional vocacionada para algo muito específico, como são os pequenos veículos de vocação eminentemente urbana. Em exposição dois modelos, um deles famoso pela sua utilização num filme de Hollywood, o Buddy, ‘estrela’ do filme a “Pequena grande vida”, protagonizado por Matt Damon.

A BMW veio até ao Porto com toda a sua mais recente gama, com destaque para os SUV e crossovers, que parece ser o segmento de mercado que mais cresce, não apenas na marca de Munique mas em todo o setor em geral. O maior destaque no seu espaço vai para o pequeno familiar X2, que promete grande procura, como já sucede com o X3. Infelizmente o novo X5 só vai ser lançado em novembro e não pôde ser por isso apresentado. Mas também em destaque está o já conhecido e inovador i8 bem como a nova berlina super desportiva M5.

Uma presença mais reduzida, mas muito mais direcionada aos SUV é a da Volvo, com os modelos XC60 e XC90 em evidência, muito embora no mercado nacional, devido à sua vocação mais jovem e preço acessível, o maior furor seja o causado pelo mais pequeno XC40. A nova carrinha V60 deverá marca presença no segundo fim de semana do certame.

Na Audi a coqueluche é o novo A8, que por razões logísticas só está presente no segundo fim de semana do certamente, e também o novo A7. Isto apesar da marca dos quatro anéis ter nas gamas A3 e A4 os seus maiores sucessos comerciais, quer com as berlina (Limousine) quer com as carrinhas (Avant).

Embora o desportivo Mustang seja o chamariz para o stand da Ford, a verdade é que há outros motivos de interesse no espaço da oval, como o Ecostar e nova Custom. Também no caso da marca norte-americana o ‘timming’ joga contra o certame, uma vez que o novo Focus ainda não pôde estar presente, e será, a par com o Fiesta, a grande aposta da casa de Detroit.

Já na Skoda o destaque vai todo para o Kodiaq, que promete fazer ‘mossa’ no crescente segmento dos SUV, muito embora o Otavia mereça uma referência pelas suas versões RS e Black Edition. Uma referência desportiva que a ‘irmã’ SEAT também tem no novo Ibiza com a versão FR, muito embora a marca espanhola se faça notar por uma versão muito especial do Leon a gás natural; o TGi. Isto para além do SUV Arona.

A Hyundai mostra em grande destaque o Kauai. Um SUV importantíssimo para a marca coreana, já que também no seu caso este segmento está a crescer exponencialmente. Ainda assim o outro foco das atenções no seu espaço é o i30 N. Uma versão desportiva do modelo do segmento médio inspirada pelo carro que tanto sucesso está a ter nas corridas de turismo.

Ali ao lado na ‘irmã’ KIA o maior destaque vai para o pequeno crossover Stonic, um sucesso de vendas, ainda que as atenções possam ir todas para a atraente berlina Stinger, que não sendo uma novidade e muito vocacionada para o mercado nacional não deixa ninguém indiferente.

Na Peugeot os modelos 3008 e 4008 são a grande aposta, sendo que no primeiro há o destaque para a versão GT. Infelizmente a nova carrinha 508 SW Fastback ainda não pôde estar presente, sendo que se perfila como a grande aposta da marca de Sochaux para o segmento prémio das Station Wagon.

A Porsche não trouxe ao certame portuense muitos modelos, mas não deixou de marcar presença e com um destaque muito especial para o seu ultra desportivo 911 GT3 RS. Depois também chama a atenção o Panamera híbrido, muito embora o SUV Macan, que não está presente, seja neste momento um modelo de grande sucesso comercial da marca de Weissach.

Mas a Tesla só tem dois modelos e nem por isso deixará alguém indiferente, já que é o único fabricante que só produz automóveis elétricos. Para além do Model S, que continua a ser o seu modelo de mais sucesso – e também o que é servido pelo maior ecrã de navegação – merece especial destaque o Model X. Um monovolume que não se distingue apenas pelas suas portas de abertura tipo asa de gaivota.

A Mitsubishi está completamente alinhada com a realidade do crescimento exponencial do segmento SUV/crossover, pois a sua gama encaixa que nem uma luva nessa realidade, onde, para além do ASX, se insere a grande novidade que é o Eclipse Cross, para além do Outlander, nomeadamente a versão PHEV, devido ao advento dos automóveis elétricos.

Na Honda o destaque é mesmo ao Civic, que continua a ser o grande impulsionador de vendas da marca no mercado português. Pelo que não é de estranhar que a mais recente geração esteja fortemente representada, nomeadamente com o destaque para a versão exclusiva e limitada do Type R # 18 Tiago Monteiro, lançada em parceria com o piloto português. Isto para além do Jazz X-Road, uma versão pensada para a família em incurssões fora de estrada.

A Mazda tinha o novo CX5 em destaque. É a nova aposta da marca de Hiroshima, que promete ser outro grande sucesso comercial, à imagem do que já sucede com o CX-3, que é já o modelo mais vendido do emblema japonês. Embora no seu stand também estivesse em grande evidência o ‘roadster’ MX-5, que continua a ser uma referência no segmento dos pequenos descapotáveis.

Se falamos em sucesso comercial quando nos referimos a SUV e crossovers temos de falar da Nissan e o seu Qashqai. Não há fenómeno que se compare, e por razões óbvias; continua a impor-se pela sua relação preço/equipamento. No entanto será redutor reduzirmos a marca a esse modelo. O Leaf Zero Emission, o X-Trail e o Micra, bem como o sempre fascinante GT-R também merecem destaque.

Mais partilhadas da semana

Subir