Desporto

Sadio Mané dá camisolas ao povo da terra que o viu nascer no Senegal

Sadio Mané decidiu brindar os seus conterrâneos com a oferta de 300 camisolas do Liverpool (clube que representa). O jogador, uma das figuras do emblema de Anfield, assume que muitos vão ficar sem camisola mas destaca que, neste sábado, “ninguém na aldeia vai trabalhar”.

“Vivem duas mil pessoas na aldeia. Comprei 300 camisolas para lhes dar para que possam assistir à final com elas vestidas”, explicou o jogador africano, destacando que, sábado, “ninguém na aldeia vai trabalhar”.

“A minha família ainda vive ali, a minha mãe, o meu tio…”.

Mané deixou ainda um aviso ao povo de Bambali.

“Vou aí no verão depois do Mundial e espero levar a medalha vencedora”.

O senegalês tem 19 golos em 43 jogos pelos reds e da última vez que o Liverpool ganhou a Champions tinha 13 anos de vida.

“Se me dissessem na altura que eu iria disputar a final da Champions, diria que seria algo incrível.”


Mais partilhadas da semana

Subir