Tecnologia

‘Rua Sésamo’: Canal no Youtube atacado por hackers e conteúdo pornográfico

rua-sesamoRua Sésamo no Youtube foi alvo de um ataque de hackers. Piratas informáticos inundaram aquele espaço infantil com vídeos de caráter pornográfico. O canal foi suspenso, mas, entretanto, já está online sem restrições, mas com um comunicado dos administradores a pedir desculpa.

A página da ‘Rua Sésamo’ no Youtube foi alvo de um ataque, no domingo, tendo os seus conteúdos sido substituídos por outros que o site proíbe, de caráter pornográfico e, segundo a CNN, com sexo explícito.

Entretanto, a normalidade foi reposta e regressaram os vídeos infantis, ainda que com alguns resquícios desse ataque. Desde logo, os comentários dos visitantes da página, com mensagens alusivas ao ataque. Por outro lado, um pedido de desculpas publicado pelos administradores do espaço.

“Pedimos desculpas por qualquer inconveniente provocado à audiência do canal da Rua Sésamo no Youtube, ontem. O conteúdo do espaço foi temporariamente adulterado. O problema foi resolvido”, pode ler-se, no site da Rua Sésamo no Youtube.

Durante o dia de ontem, o espaço esteve também encerrado, “devido a violações repetidas”, que se prendiam com os vídeos inseridos pelos autores do ataque. Recorde-se que o Youtube proíbe este tipo de conteúdo, removendo-o.

O conteúdo original foi restaurado, mas o espaço está agora inundado de visitantes que… solicitam pornografia. Visite a página da Rua Sésamo no Youtube.

Mais partilhadas da semana

Subir