Resposta à Crítica

Lidar com pessoas que gostam de reclamar.

Muitas pessoas reclamam da sua vida, culpam os outros, reclamam da sua incapacidade, contam os seus problemas e levam-nos para todo o lado. Por vezes, sentimos pena, mas depois acabamos por nos sentir entediados ao ouvir as repetidas histórias sobre esse mesmo problema. Observando, percebemos que elas estão orgulhosas dos seus problemas e satisfeitas após culpar os outros.

Como lidar com este tipo de pessoas?

Queixar-se torna-se um hábito conveniente para muitos. Fazem isso sem perceber que as outras pessoas estão a ficar entediadas de ouvir as suas histórias. É com base nos seus lamentos, que realmente podemos entender o seu verdadeiro carácter. Reclamar significa mostrar as suas próprias fraquezas.

Costumamos conhecer pessoas que gostam de reclamar, e realmente podemos ver que são pessoas que sofrem, não são pacíficas, e também têm a tendência para ter ciúmes, porque sem perceberem, comparam-se com os outros de forma espontânea e culpam os outros devido a sofrimentos que sentem. Quando estamos com uma pessoa que gosta de reclamar, muitas vezes sentimo-nos cansados, porque, sem percebermos, tornamo-nos a sua “lata de lixo psíquico”.

Imaginem, quantos lixos psíquicos recebemos, que também contaminam a nossa aura.

Se não somos suficientemente fortes seremos contaminados ao ouvir as suas queixas. As evidências de que estamos contaminados dão-se pelos sentimentos negativos que nos surgem, que nos fazem também ficar tristes, irritados e desesperados. Ao compreender isto, devemos fazer alguma coisa para cortar com a cadeia de queixa através de duas escolhas: sermos suficientemente fortes mentalmente, tentando ajudar, dando conselhos, e dando o entendimento para que elas parem de reclamar. A segunda escolha, tentarmos o melhor para minimizar ouvir as suas queixas, e mudar o tema da conversa, de modo a não ficarmos contaminados.

Ao compreender o sistema de energia, vamos ser mais cuidadosos e selectivos ao ouvir outras pessoas que se queixam. Não é suficiente sermos apenas um bom ouvinte e sermos uma “lata de lixo psíquico” para que se tornem aliviados, mas devemos parar os seus hábitos de reclamar, de modo que serão poucas as pessoas contaminadas pelas energias de queixa.

Antes de se tornar um bom ouvinte, prepare fortemente a sua saúde mental através da conexão com a Energia Divina, para que essas contaminações negativas sejam automaticamente limpas, para que não fique contaminado. E, enquanto ouvimos devemos ajudá-los enviando-lhes energia de amor, o que poderá libertar e curar, porque as pessoas que gostam de reclamar têm realmente falta de amor dentro de si mesmas. Depois quando terminam as suas reclamações, podem começar a perceber como se tornaram pacíficos, ao deixarem de reclamar.

Tente aceitar a vida com gratidão e, após essa aceitação pode ver que não vai continuar a reclamar mais. Seja uma pessoa pacífica.


Vídeos em Destaque

Patrocinado

Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir