Motores

O regresso de Clint Bowyer às vitórias em Martinsville

Seis anos e 190 corridas depois Clint Bowyer reencontrou-se com as vitórias na NASCAR Cup. Aconteceu domingo em Martinsville (Virgínia).

Aos comandos do Ford Fusion # 14 da Stewart Haas – que era tripulado por Tony Stewart até à temporada passada – Bowyer dominou a segunda medade das STP 500, disputadas na curta oval de Martinsvolle, impondo-se diante de um Kyle Busch que continua à procura do seu primeiro triunfo de 2018.

Busch tudo fez para desalojar Clint Bowyer da liderança nas últimas voltas, mas o piloto do Kansas estava demasiado forte para que o homem do Toyota # 18 da Joe Gibbs Racing lhe pudesse fazer frente, tanto mais que foi retardado pelo tráfego.

Denny Hamlin pareceu capaz de se bater pela vitória no começo da corrida, mas acabaria por ver as suas hipóteses ‘caírem por terra’ depois de se envolver numa colisão com o líder do campeonato, Kevin Harvick. Mesmo assim o piloto do Toyota # 11 e o do Ford # 4 conseguiram completar a corrida no top cinco, atrás de Ryan Blaney, o vencedor do primeiro segmento, e do campeão em título, Martin Truex Jr.

As imagens da prova falam por si.

Mais partilhadas da semana

Subir