Mundo

Queda de avião russo deve-se a embate num farol; Há 44 mortos confirmados

Avião despenha-se na Rússia, perto da cidade de Yaroslavl, num acidente que provocou 44 mortos. Há um sobrevivente em estado grave. Aeronave embateu numa antena, logo depois de levantar voo e caiu a dois quilómetros do aeroporto de Tulochn.

Um Iakovlev-42 caiu hoje, em Yaroslavl, a cerca de 300 quilómetros de Moscovo, depois de ter embatido na antena de um dos faróis do aeroporto daquela cidade.

Segundo revela o Ministério para Situações de Emergência, o acidente provocou a morte a 44 pessoas, número superior ao inicialmente avançado (que apontava para 36 vítimas mortais e um sobrevivente).

O aparelho não conseguiu subir à altura suficiente para evitar o choque, tendo-se incendiado e despenhado a dois quilómetros do local do embate. A informação que aponta para o resgate de um sobrevivente é confirmada à agência Interfax.

A recolha dos cadáveres prossegue, sendo que há cerca de 20 retirados do local. As vítimas têm diversas nacionalidades, uma vez que seguia no avião uma equipa de hóquei no gelo, com atletas russos, polacos, ucranianos, checos, alemães, entre outros países.

Trata-se do Lokomotiv Yaroslavl, que terminou o campeonato russo em terceiro lugar e que tem na sua galeria três títulos de campeão nacional. A formação ia defrontar o Dínamo de Minsk, da Bielorrússia.

Os Iakovlev-42 têm cerca quase 40 anos, foram fabricados para substituir os Tupolev 134 e são classificados pela NATO como “sucata”. No entanto, não são conhecidas as causas desta dificuldade em subir à altura indicada. A hipótese de erro humano não foi excluída.

Mais partilhadas da semana

Subir