Nas Notícias

PS em fúria por petição contra Mário Soares chegar ao plenário

Os deputados do PS estão em fúria com o agendamento de uma petição, que contesta uma eventual homenagem a Mário Soares, para debate no plenário da Assembleia da República.

Coube a Ascenso Simões dar voz à revolta socialista, frisando que a petição devia ter sido chumbada pela Comissão Parlamentar de Economia.

“Além de insultuosa, não cumpre minimamente as condições para ser admitida para debate em plenário”.

Os deputados socialistas entendem que a petição enferma de “nulidade de objeto”, pelo que nunca deveria subir à discussão em plenário.

Subscrita por mais de 9000 cidadãos (bastam 4000 para dar entrada no Parlamento), a iniciativa popular contesta a atribuição do nome de Mário Soares a um eventual aeroporto no Montijo ou a qualquer outra obra pública de grande envergadura.

A ideia de atribuir o nome do antigo Presidente a uma obra pública até tinha partido do atual ‘inquilino’ de Belém, Marcelo Rebelo de Sousa.

“É óbvio que não há nenhuma decisão do Governo em matéria de novo aeroporto no Montijo”, lembrou Fernando Jesus, deputado do PS que foi o relator da petição na comissão.

“Também eu senti estupefação quando fui confrontado com o teor dessa petição”, acrescentou.

Segundo Fernando Jesus, a petição não passa de uma partida de “saudosistas do anterior regime” para “insultar a memória de Mário Soares”.

“Por muito que tentem, não têm categoria para insultar uma figura com a superioridade moral de Mário Soares”, concluiu.

Mais partilhadas da semana

Subir