Ciência

Investigadores portugueses procuram voluntários para… beber cerveja

Uma equipa de investigadores do Cintesis e da Universidade Nova de Lisboa procura voluntários para… beber cerveja. O objetivo é realizar um estudo, que permitirá conhecer o efeito do consumo moderado da bebida.

Um grupo de investigadores do Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde (Cintesis) e da NOVA Medical School, da Universidade Nova de Lisboa, vai realizar um estudo que tem como finalidade avaliar o efeito do consumo de cerveja na flora intestinal, no perfil metabólico e lipídico, bem como perceber o papel do álcool nesse efeito.

Para o efeito, necessitam de 30 voluntários que devem preencher os seguintes requisitos: devem ser saudáveis, do sexo masculino, ter entre 18 e 65 anos de idade.

Os interessados devem estar dispostos a consumir uma cerveja por dia, com e sem teor alcoólico, durante quatro semanas.

Numa primeira fase, o estudo decorrerá em Lisboa, nas instalações da NOVA Medical School. Deverá ser aberta uma segunda fase do ensaio, a decorrer no Porto.

O estudo será liderado pela investigadora e especialista em Nutrição e Metabolismo do Cintesis, Conceição Calhau.

“A colaboração no projeto não implica a toma de qualquer medicamento, apenas o consumo diário de uma cerveja, preferencialmente ao jantar, fornecida pela equipa de investigação”, esclarecem os investigadores, numa nota publicada no site do Cintesis.

Os participantes serão avaliados por um profissional de saúde no início e no final do estudo, e efetuarão análises de sangue, fezes e urina.

Os valores analíticos apresentados pelos voluntários serão avaliados antes e depois do consumo da cerveja em estudo. Esses dados serão depois comparados e o efeito da ingestão da cerveja aferido.

“Todas as análises são da responsabilidade da equipa de investigadores”, salienta Conceição Calhau, recordando que ao participar neste estudo, os voluntários terão acesso aos resultados globais da sua avaliação médica e metabólica, para além de contribuírem para o aumento do conhecimento científico nesta área.

“O impacto do consumo de bebidas alcoólicas com compostos bioativos (nomeadamente polifenóis) na saúde é um tópico urgente nas ciências biomédicas”, defende a investigadora do Cintesis e professora da NOVA Medical School.

“Participar neste estudo é uma oportunidade rara de contribuir para o conhecimento dos efeitos metabólicos do consumo de cerveja”.

Os interessados em colaborar poderão inscrever-se por email ou por telefone (919 364 169).

O estudo foi aprovado pela comissão de ética da Nova Medical School da Universidade Nova de Lisboa. A informação dos voluntários será tratada de forma agregada, salvaguardando a confidencialidade dos participantes.

Mais partilhadas da semana

Subir