Saúde

PIP produziu próteses para homens com as mesmas substâncias nocivas

implantes_pipSegundo o Le Parisien, a empresa Poly Implant Prothèse (PIP) também criou implantes masculinos, de testículos, glúteos e peito. Aquele jornal francês cita ex-trabalhadores da marca que usou silicone industrial, garantindo que houve ações de formação para operar máquinas de fabrico de próteses masculinas.

A PIP também criou implantes para homens, segundo garantem três ex-trabalhadores da marca, que sob anonimato revelam ainda que foram feitas ações de formação para operadores de máquinas de fabrico de testículos, glúteos e peito.

Essas fontes garantem ao Le Parisien que existia uma linha de implantes masculina, que utilizava o mesmo tipo de materiais nocivos para a saúde. As próteses serviriam para reconstrução, em homens que tivessem sofrido problemas de cancro.

Também neste caso as próteses da PIP tinham, na sua composição, os mesmos elementos químicos prejudiciais para a saúde, que não foram alvo de ensaios clínicos.

Esta informação foi divulgada no dia em que o Comité de Segurança da União Europeia reuniu em França, para analisar o problema dos implantes mamários da PIP.

Mais partilhadas da semana

Subir