Cultura

Pintor cria as suas obras… dentro do oceano

Dentro das grandes obras inspiradas em paisagens marítimas, as de Peter Matthews são as mais invulgares por serem criadas literalmente dentro de água. Este pintor inspirou-se numa experiência de quase morte, quando surfava sozinho, em 2007, no México.

Carvão, tinta, lápis e… água do Atlântico, ferrugem ou terra. A obra de Peter Matthews tem tanto de original como de invulgar.

Este pintor britânico, natural de Derby, explicou à BBC que a sua inspiração remonta a um episódio assustador, em 2007, quando surfava sozinho no México.

Matthews perdeu a corda da prancha e ficou a debater-se “na água, com uma sensação angustiante de medo, completamente à mercê do oceano”. Conseguiu regressar a terra, mas descreve esse momento com felicidade, por perceber que podia criar as suas peças “dentro ou junto com o mar”.

A partir daí, Peter começou a navegar da costa inglesa até às ondas do Havai de pranchetas. Guarda os materiais no chapéu e vagueia com um pedaço de papel preso a uma tábua, desenhando enquanto as ondas marcam o seu ritmo.

Matthews costuma ‘viver’ na praia, numa barraca onde passa as noites. Os dias são vividos dentro de água, à medida que vai pintando mais peças para a sua obra. Enquanto dorme, deixa as pinturas numa ‘piscina natural’, para que as águas continuem o trabalho que ele começou.

No seu entender, cada pintura é composta por “duas partes diferentes do mundo e experiências oceânicas e experiências de estar na natureza, movendo-se de forma nómada, de um lugar para o outro, em busca do sublime”.

“Eu sinto um contacto profundamente emocional com o universo quando vejo um desenho no papel cair lentamente para o fundo do oceano, como quando uma onda destruidora quebra… e tira o papel da placa compensado e eu sou apenas uma testemunha das forças da natureza”, assumiu.

Matthews já sofreu pela sua ética de trabalho invulgar, tendo chegado a momentos de hipotermia, por exemplo.

Tem vários trabalhos ‘enterrados’ em praias, que explica estarem ainda “em processo”. Os restantes, estão expostos em várias galerias. A de Saatchi, em Londres, estima o seu trabalho em milhares de libras.

Veja algumas obras deste pintor.

Receba esta e outras notícias virais no seu e-mail todos os dias!


Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir
error: