Desporto

Pina retira apoio a Bruno: “Presidente, acabou! É chato, mas acabou”

O comentador sportinguista e apoiante de Bruno de Carvalho, José Pina, acaba de retirar o apoio ao líder leonino. Presidente, acabou! É chato, mas acabou”, escreve, nas redes sociais. A declaração do presidente foi a gota que fez transbordar o copo. “Hoje, ao ver as declarações completas do presidente do meu clube, sinto-me envergonhado”, lamenta.

José Pina, que defende as cores do Sporting no programa Prolongamento, da TVI, defensor incondicional de Bruno de Carvalho, acaba de anunciar a retirada de apoio.

Na origem desta decisão está a forma como o presidente do Sporting reagiu aos incidentes em Alcochete.

“Ontem, porque estava a caminho da TVI, não consegui ouvir a declaração do presidente do Sporting Clube de Portugal sobre os criminosos acontecimentos que transformaram o dia 15 de Maio de 2018 no dia mais negro e vergonhoso da história do meu clube”, escreve.

José Pina viria a participar num programa de debate sobre a crise em Alvalade e manteve reservas. Entretanto, teve conhecimento da forma como Bruno de Carvalho reagiu ao episódio de Alcochete.

“Hoje, ao ver as declarações completas do presidente do meu clube, sinto-me envergonhado”.

“Toda a declaração é mais grave, insensível, fria, sem afectos e identificação com o outro do que a primeira impressão que tive. Perante o que se passou são declarações inaceitáveis”, acusa.

Para José Pina, “um presidente, suposto líder de uma organização, se não consegue dizer mais do que disse, várias horas após os acontecimentos vergonhosos que todos vimos, não tem mais condições para liderar seja o que for”.

“Bruno de Carvalho, que no inicio foi quem com muita determinação voltou a trazer o Sporting rumo à recuperação, infelizmente, com o tempo e com actos de gestão humana e erros comunicacionais está a boicotar o seu próprio trabalho”, lamenta.

O conhecido adepto do clube de Alvalade entende que há uma mudança no caminho trilhado pelo presidente: “Não me desvio da ideia que tenho do Sporting desde há muitos anos e por isso não quero voltar para trás, para os tempos anteriores a Bruno de Carvalho. Ou seja, a mudança que o actual presidente trouxe e que entusiasmou muitos sportinguistas como eu, está sofrer desvios inaceitáveis, o nosso clube está a precisar de um ‘25 de Novembro’ e não de um regresso ao antigamente”.

A terminar o texto, a estocada final, a frase mais marcante.

“Presidente, acabou. É chato, mas acabou”.

A expressão “é chato” não foi escolhida ao acaso e é uma alusão à forma como Bruno de Carvalho comentou os telefonemas que recebeu dos familiares do jogadores.

Mais partilhadas da semana

Subir