Desporto

PGR: 23 detidos de Alcochete vão responder por terrorismo

Os 23 suspeitos da invasão da Academia de Alcochete e das agressões a jogadores e elementos do Sporting vão responder em tribunal pelo crime de terrorismo, informou a Procuradoria-geral da República (PGR).

No mesmo comunicado, a PGR deixou em aberto a hipótese dos arguidos serem indiciados por mais oito tipos de crime.

“Em causa estão factos suscetíveis de integrarem os crimes de introdução em lugar vedado ao público, ameaça agravada, ofensa à integridade física qualificada, sequestro, dano com violência, detenção de arma proibida agravado, incêndio florestal, resistência e coação sobre funcionário e também de um crime de terrorismo”, precisou a PGR.

Os 23 detidos estão a ser inquiridos no Tribunal do Barreiro, desde as 18h00.

“Tendo em conta a visibilidade social” das agressões em Alcochete, o juiz vai tentar aplicar as medidas de coação nas próximas 24 horas, apesar de dispor de um período máximo de 48 horas.

Mais partilhadas da semana

Subir