Apresentações/Novidades

Peugeot 508 SW Fastback uma carrinha irreverente

Não restam dúvidas quanto às intenções da Peugeot ao lançar a nova 508 SW Fastback. A marca do leão pretende entrar na ‘guerra’ das ‘shooting brakes’ com um modelo de porte arrojado.

É verdade que neste cada vez mais crescente ‘nicho’ de carrinhas ‘premium’ a Peugeot vai enfrentar uma concorrência muitíssimo forte, pelo que o grau de exigência para um produto desta natureza é igualmente alto,

No que à estética diz respeito a novoa 508 SW Fastback preenche todos os requisitos. É compacta, tem a dose certa de agressividade nas suas linhas. Um verdadeiro ‘hino’ ao bom gosto, sem muitas concessões à sobriedade. Uma inconformista, que tem os requisitos para se afirmar.

Espaço a bordo, para ocupantes e bagagem, um requinte a condizer com a imagem exterior, onde as óticas esguias esculpidas numa secção dianteira também dominada por uma grelha estilizada, cujo design acompanha o do pára-choques e das entradas de ar inferiores.

Alguns sulcos cortam um pouco com a suavidade das linhas dos flancos, com o superior a definir o topo das óticas traseiras, que formam um todo com o refletor posterior inserido no portão da bagageira, cujo acesso beneficia da última geração Peugeot i-Cockpit. O mesmo que preside a todo o modelo.

O piso da bagageira é mais baixo e largo, com chapeleira escamoteável, possuindo uma capacidade 530 litros com ela montada, sendo que há uma rede de separação de carga no nível de equipamento Gt, embora a modularidade seja comum a todas as versões, com um banco rebatível a dois terços ou um terço, dotado da função Magic Flat, que permite que a capacidade de carga seja extensível até aos 1780 litros.

A habitabilidade para os ocupantes é generosa, pois esta 508 SW Fastback mantém praticamente a mesma altura da berlina (1,42 metros). Menos seis do que na geração anterior. E isso foi conseguido pelo design e aerodinâmica otimizada. Outro detalhe desta carrinha é que não possui portas com moldura, permitindo refinar a estética final, que também beneficia da eliminação da antena do tejadilho.

O visual desta ‘shooting break’ da Peugeot também ‘lucra’ com a assinatura estética proporcionada pelas óticas Full LED dianteiras e as luzes LED opalescentes diurnas, que tal como sucede com as luzes traseiras possuem intensidade adaptativa, consoante a claridade do dia ou da noite.

No habitáculo vamos encontrar detalhes condizentes com o estatuto desta carrinha, com excelentes acabamentos, como acabamentos em alumínio, carbono ou madeira natural, e pele no nível GT, sendo que o conjunto tecnológico a bordo está à altura do que mais inovador existe no segmento. O sistema Hi-Fi é topo de gama e desenvolvido pela FOCAL, especialista francês em sistemas acústicos e é serviço por 10 altifantes. Os ‘tweeters’ são guarnecidos em metal escovado nas quatro portas.

O volante é revestido a couro – perfurado no GT Line e no GT –, o comando da caixa automática é de funcionamento elétrico por impulsos e está integrado na consola central, que tem muitos espaços para arrumo de pequenos objetos. As saídas de ventilação e a moldura do ecrã tátil central possuem acabamentos cromados. O teto panorâmico com uma ampla superfície vidrada aumenta a luminosidade interior durante o dia.

A conectividade não foi esquecida, com destaque para a navegação 3D contectada com TomTom Traffic, função Mirror Screen, compatível com Mirror Link, Android Auto e Apple Carplay e com reconhecimento de voz. Há zona para carregamento de smartphones por indução, quatro tomadas USB, o sistema de chamadas Peugeot Connect SOS & Assistance, bem como os tele serviços Peugpet Connect packs.

A Peugeot 508 SW Fastbak possui também um amplo conjunto de ajudas à condução de última geração, respondendo, nomeadamente, às exigências EuroNCAP. Entre os vários dispositivos que possui está o inédito sistema de visão noturna Night Vision, que recorre a uma câmara de infravermelhos que permite a deteção de movimentos na frente do veículo de noite ou com visibilidade reduzida.

Também não falta o Cruise Control adaptativo com função Stop & Go, a ajuda à manutenção da posição na via de circulação, o Full Park Assist com função perimétrica Flankguard (apenas disponível com a caixa automática EAT8), a Travagem Automática de Emergência e Alerta de risco de colisão, o Alerta Ativo de Transposição Involuntária da Faixa, o Alerta de fadiga do condutor, o Assistente Automático de Máximos, o Reconhecimento dos sinais de velocidade e recomendação, o Reconhecimento alargado dos sinais de trânsito e o sistema ativo de vigilância do ângulo morto.

Esta carrinha utiliza a plataforma EMP2, que é mais leve 70 kg que na geração anterior, e a sua carroçaria recebeu soldadura reforçada. A suspensão beneficia da adoção de um ‘berço’ dianteiro filtrado, enquanto atrás há um trem multi-braços associado a amortecimento variável pilotado – supensão ativa no caso das versões GT.

Para além da nova caixa de velocidades automática de oito relações EAT8 com comando elétrico por impulsos a Peugeot 508 SW Fastback também está dotada com a nova geração de motores PureTech e BlueHDi (com tecnologia SCR). No Puretech as potências variam entre os 180 cv e os 225 cv, enquanto no BlueHDi vão dos 130 cv (com caixa de seis velocidades) até aos 180 cv (com caixa EAT8).

Em todas estas motorizações é cumprida a norma Euro6.2, antecipando as exigências em vigor apenas em janeiro de 2020.

Mais partilhadas da semana

Subir