Sociedade

Petição online: Mais de 33 mil empurram José Sócrates para os tribunais

jose_socrates7Está em curso na Internet uma petição que defende que José Sócrates seja julgado em Tribunal. O ‘crime’: gestão danosa, durante a sua governação. O número de signatários continua a crescer em ritmo elevado. Se no mundo virtual houvesse banco dos réus, Sócrates estaria condenado pela Justiça popular.

É a Justiça num formato online, através de uma petição que pretende colocar José Sócrates no banco dos réus, para “apurar onde foram gastos os dinheiros públicos” durante a chefia de Governo do antecessor de Passos Coelho.

O número será sempre provisório, mas é impossível decrescer, o que confere à petição “Para julgar em José Sócrates por gestão danosa dos dinheiros públicos” uma visibilidade assinalável.

A meio da tarde desta quarta-feira já 32 874 signatários pretendiam, com este ato, saber “onde foram gastos os dinheiros públicos”, durante a governação de José Sócrates, e “quais as motivações” do ex-primeiro-ministro, responsável pela “duplicação da dívida de Portugal” que conduziu o país “à bancarrota”.

Os autores desta petição consideram que há “gestão danosa” no período de chefia daquele Governo socialista. Entretanto, minutos depois de escrever aquelas linhas, o número de signatários cresceu para 33 011. O último capítulo desta notícia é atualizar o título: mais de 33 mil empurram José Sócrates para os tribunais. Veja aqui a petição.

Mais partilhadas da semana

Subir