Interessante

“Pessoas do Porto são mais machistas e racistas que as de Lisboa”, diz Maria João Marques

Maria João Marques, colunista do jornal Observador, deixou um ‘ataque’ cerrado às pessoas do Porto, no Twitter, que tem gerado forte indignação nas redes sociais por quem sente e ama o Porto. “Pessoas do Porto são mais machistas e racistas que as de Lisboa”, escreveu a autora das palavras que estão a indignar os portuenses.

Numa discussão no Twitter, por causa de um artigo de opinião assinado pela autora no Observador intitulado de ‘Guerra racial à solta’, Maria João Marques fez o seguinte comentário.

“Não é pré estabelecida, pelo contrário. Vem de conhecer muitas pessoas do Porto, de serem, ainda que não generalizando, imensamente mais conservadoras que as de Lisboa, mais machistas, mais racistas, menos cosmopolitas. E sem capacidade de encaixe para críticas, também”, escreveu.

Na troca de argumentos nesta rede social, Maria João Marques prosseguiu com a sua ideia.

Porto é um meio “ressentido com Lisboa”

“Mário, não conheço ninguém em Lisboa com o teu grau de formação académica que diga os disparates que dizes sobre questões femininas, por exemplo. E não generalizei. Disse que era um meio mais conservador, e é. E ressentido com Lisboa, e é. E conheço imensos portistas com a mesma opinião.”

O ataque ao Porto foi prosseguindo, dizendo que os portuenses “estavam convencidos que viviam numa cidade como Nova Iorque”.

“Parece que hoje chateei snowflakes do Porto, que estavam convencidos que viviam numa cidade como Nova Iorque e, por falta de mundo e de auto-estima, não conseguem avaliar forças e fraquezas da sua cidade. O que me dá toda a razão”

Certo é que estas palavras não caíram bem entre os portuenses.

Receba esta e outras notícias virais no seu e-mail todos os dias!


Patrocinado

Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir
error: