Nas Redes

Passado da nova secretária de Estado agita redes sociais

Rosa Zorrinho é a nova secretária de Estado da Saúde, rendendo Manuel Delgado, que deixou o cargo na sequência da polémica com a Raríssimas. No Facebook circula agora uma carta viral, do escritor e jornalista João Pedro Martins, que viaja pelo passado da mulher de Carlos Zorrinho, histórico socialista que atualmente é eurodeputado. “A senhora até pode ser a pessoa mais competente do mundo, mas, mais uma vez, estes senhores da política põem-se a jeito”.

Aos 55 anos, Rosa Zorrinho chega à máquina governativa, ela que até agora era presidente da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo.

Licenciada em Sociologia e tendo uma pós-graduação em Administração Hospitalar, Rosa Zorrinho está ligada à saúde desde a década de 1990.

Só que é uma espécie de carta aberta sobre o passado da nova secretária de Estado, da autoria do escritor João Pedro Martins, que tem dado que falar, nas últimas horas, nas redes sociais.

A publicação salienta que “António Costa a brincar com o fogo” e refere também que Rosa Zorrinho “aos 28 anos (tempo ‘suficiente’ para provas dadas) já era administradora de hospital em Évora”.

Mas não se fica por aqui.

“Aos 34, foi nomeada para a Administração Regional de Saúde do Alentejo, onde a certa altura, duas fotocopiadoras foram reparadas pela módica quantia de 45 mil euros, 24 módulos de cinco cadeiras em viga comprados por 375 mil euros e mais algumas barbaridades do género pagas com o dinheiro dos “pacóvios” que pagam impostos.”

No artigo que soma muitas reações e partilhas, o escritor salienta que “a senhora até pode ser a pessoa mais competente do mundo, mas mais uma vez, estes senhores da política põem-se a jeito”.

Mais partilhadas da semana

Subir