Saúde

Pareceres médicos duplicam em 2011, indica a Best Medical Opinion

medicoO número de pedidos de pareceres médicos disparou, em 2011, junto da Best Medical Opinion (BMOp). Em relação ao ano passado, a primeira empresa portuguesa a emitir pareceres fundamentados, sobre documentação clínica, registou o dobro de pedidos de opiniões médicas, avalizadas por profissionais de saúde altamente qualificados.

Os portugueses revelam descontentamento e desconfiança em relação aos serviços e sistemas de saúde. Pedro Meira e Cruz, diretor da BMOp, considera que a realidade crescente se justifica com “o desinvestimento do Estado e progressiva destruição do Serviço Nacional de Saúde, aparentes”.

Ao longo de 2011, o número de pedidos relacionados com dúvidas sobre a saúde individual – nomeadamente no que respeita a dúvidas de diagnóstico, tratamentos, exames, prática médica, procedimentos e consumos – tem crescido e encontra-se agora na casa das centenas.

Também por essa razão tem aumentado a necessidade dos cidadãos recorrerem a uma segunda opinião materializada num parecer escrito e assinado, para esclarecerem decisões críticas para a sua saúde – ou de entes queridos – ou mesmo tendo casos judiciais como finalidade.

Para o diretor da Best Medical Opinion, os Cidadãos estão a perder a histórica confiança no SNS e desviam a escolha, no momento dos tratamentos, para o setor privado. Contudo, resultante da crise financeira, social e de valores, em que Portugal está mergulhado, as decisões tomadas podem, muitas vezes, não ser as mais adequadas.

Pedro Meira e Cruz acredita que “o recurso uma opinião técnica isenta, de uma instituição totalmente independente que ajude no esclarecimento de dúvidas relacionadas com a saúde individual, pode representar uma mais-valia para quem a procure.”

O que explica o facto de, cada vez mais pessoas, recorrerem à BMOp por ser uma entidade “vocacionada para o cidadão, sem qualquer relação de dependência, direta ou indiretamente com quaisquer entidades públicas ou privadas, cujos méritos são já reconhecidos”, defende.

Pedro Meira e Cruz recorda que “os cidadãos, obtendo um parecer médico, passam a deter um documento técnico rigoroso e fundamentado com plena validade jurídica, podendo fazer dele o uso que entenderem, junto das mais diversas instituições”.

A Best Medical Opinion, implementada em 2010, foi a primeira empresa, em Portugal, a disponibilizar pareceres médicos, emitidos exclusivamente, com base em documentação clínica fornecida, com o objetivo de ajudar a esclarecer dúvidas sobre a saúde individual.

Mais partilhadas da semana

Subir