Nas Notícias

PAN vai defender entrada de animais em restaurantes

Proposta do Pessoas Animais e Natureza (PAN), que defende o fim da proibição da entrada de animais em restaurantes e outros estabelecimentos comerciais, vai ser debatida em outubro, na Assembleia da República.

O debate está marcado para o dia 3 de outubro e visa alterar o decreto-lei que proíbe a entrada de animais em restaurantes e outros estabelecimentos comerciais.

Atualmente, a lei impede essa entrada, mesmo que o proprietário do estabelecimento o permita – com exceção dos cães de assistência.

No entanto, deu entrada no Parlamento uma petição que visa alterar esta lei. E o PAN vai defender a proposta de lei, para que os animais não tenham entrada vedada.

“Queremos seguir o exemplo dado por uma grande parte dos países da União Europeia. Assim, assegura-se a liberdade de escolha dos proprietários dos estabelecimentos, mas também dos clientes que queiram fazer-se acompanhar pelos animais”, realça André Silva, deputado do PAN, num comunicado citado pela agência Lusa.

De acordo com o PAN, “os animais fazem cada vez mais parte da vida das famílias portuguesas”, pelo que deverá caber aos proprietários dos estabelecimentos decidir se proíbem, ou não, a entrada de animais – desde que estes não circulem em zonas de confeção de alimentos.

Por que motivo não pode um cliente levar um cão consigo quando vai a uma pastelaria? O partido entende que a lei não pode ser essa razão.

França, Itália e Alemanha são alguns dos países europeus que já permitem a entrada de animais em estabelecimentos comerciais.

Receba esta e outras notícias virais no seu e-mail todos os dias!


Patrocinado

Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir
error: