Local

Padre quer catequese conjunta para pais e filhos

O grupo de catequese de Lordelo, em Guimarães, apenas aceita a inscrição das crianças nas aulas de educação cristã se os pais as frequentarem com elas. A indignação entre os pais está a levar à inscrição dos filhos nas paróquias vizinhas.

“Foi-me dito claramente, pelo responsável da catequese, que se não frequentasse a catequese não podia inscrever a minha filha”, disse Marco Vieira, morador de Lordelo, ao Correio da Manhã.

Uma mãe, na mesma situação, mostrou-se ainda mais indignada quando lhe foi sugerido que inscrevesse a sua filha numa paróquia vizinha. “Nem queria acreditar quando me sugeriram que procurasse outra paróquia. Se vivo aqui e os meus filhos foram batizados nesta igreja, porque haveria de ir à catequese noutro local?”, questiona Catarina Dias.

A onda de protestos chegou ao conhecimento do arcebispo de Braga, que anunciou na missa deste domingo que o início da catequese está suspenso até que se chegue a um consenso sobre o assunto.


Patrocinado

Newsletters PT Jornal

Selecione as newsletters

Mais partilhadas da semana

Subir