Fórmula 1

Paddy Lowe sai da Mercedes para se juntar à Williams

paddylowenawilliams1

A saída de Paddy Lowe da Mercedes para a Williams parece um facto consumado, confirmando assim rumores que o davam como novo responsável técnico da equipa de Grove, deixando assim esse cargo na formação campeã do mundo de Fórmula 1.

Desde a anunciada saída de Pat Symonds da formação de Frank Williams que o nome de Lowe era apontado para o cargo de diretor técnico da equipa, fazendo a viagem de sentido contrário ao de Valtteri Bottas, que deverá ser o novo companheiro de equipa de Lewis Hamilton.

Paddy Lowe juntou-se à Mercedes em 2013, desempenhando um papel-chave nos três campeonatos sucessivos ganhos pela marca da estrela, mas o seu contrato deveria expirar em Maio.

Desde algumas semanas, quando se soube que Symonds ia deixar a Williams, que o nome de Lowe é apontado para o lugar, sendo que a Sky Sports avançou que esta mudança permitiria acelerar a saída de Bottas para a Mercedes, concluindo assim dois meses de intensas negociações.

Fala-se agora que o lugar de Paddy Lowe na Mercedes deverá ser ocupado com James Allison, o técnico britânico que há meses deixou a Ferrari devido à necessidade de ser manter no Reino Unido, após o falecimento da sua mulher.

Até agora Paddy Lowe tem-se escusado a comentar a sua saída da Mercedes, mas convém lembrar que iniciou a sua carreira na Fórmula 1 na Williams em 1987, desempenhando funções de responsável pela eletrónica durante seis épocas. Isto antes de se mudar para a McLaren onde esteve duas décadas, chegando a diretor técnico, cargo que desempenhou desde 2011.


Patrocinado

Apps PT Jornal

Descarregar na App StoreDescarregar do Google Play

Newsletters PT Jornal

Selecione as newsletters

Mais partilhadas da semana

Subir