Educação

“Os professores são miseráveis”, diz Rodrigo Moita de Deus

Rodrigo Moita de Deus, escritor e fundador de um dos blogues mais lidos do país (31 da Armada), teceu duras críticas, quase insultos, aos professores, culpando-os dos resultados negativos dos alunos. “Os resultados miseráveis dos nossos alunos são porque têm professores miseráveis. Miseráveis”, disse. Veja o vídeo.

Numa intervenção polémica, no ‘O Último Apaga a Luz’, programa da RTP3, Rodrigo Moita de Deus traçou o seu quadro da educação em Portugal, discordou da luta da classe docente e considerou que a greve “só prejudicou as crianças”.

“Nós temos uma corporação que domina o sistema de ensino. E todas as políticas não são educativas. São políticas para a corporação. Nós não discutimos as políticas educativas nem educação. Nós discutimos se os professores estão ou não contentes. O ordenado dos professores, a carreira dos professores, os professores, os professores, os professores. Fala-se mais de professores do que se fala dos alunos”, sustentou.

“Eu tenho que pôr os meus filhos no privado. Quem tem dinheiro vai pôr os filhos no privado porque não está para aturar isto”.

Rodrigo Moita de Deus diz que Portugal é “um dos países que mais investem em educação, em percentagem do PIB”, pergunta onde está o dinheiro dos seus impostos e responde: “Vai para o salário dos professores que não estão nas aulas”.

O comentador cita um artigo sobre alegados donativos ilegais, numa escola em Alverca. Diz que noutra escola, em Sacavém, pedem resmas de papel. Garante ainda que noutra escola em Oeiras é pedido aos alunos para que tragam papel higiénico.

“Onde raio é que está o dinheiro dos meus impostos?! Está, outra vez, nos professores, nas preocupações dos professores e na evolução da carreira. E o dinheiro perde-se por aí. Não está, certamente, na educação dos meus filhos”, afirma.

O comentador entende que “os resultados miseráveis são culpa da classe docente.

“Sim, a responsabilidade é dos professores. São eles que dão as aulas. E os resultados miseráveis que os nossos alunos têm são porque têm professores que são miseráveis. Miseráveis. Miseráveis”

Pode ver essa declaração neste link, a partir do minuto 21.

Receba esta e outras notícias virais no seu e-mail todos os dias!


Patrocinado

Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir
error: