Quer dizer

O que é um tornado? (com vídeo)

Em poucos dias, os tornados sobressaltaram as populações de Faro e de Esposende, fazendo estragos avultados. Mas, afinal, em que consiste este fenómeno meteorológico?

Um tornado é uma coluna de vento forte que geralmente assume uma forma cónica. Na base, pode formar-se uma nuvem de poeira e partículas, que circulam a uma velocidade abrasiva.

Quando se forma no mar (ou em grandes lagos), ganha também o nome de tromba de água ou tromba marinha, mais frequente junto à linha do equador.

Os tornados costumam surgir com a passagem de tempestades intensas, com muita chuva, vento forte e, em regiões mais planas, queda de granizo.

O vento sopra a uma velocidade e violência perigosas, havendo vários registos de tornados que atingiram mais de 480 quilómetros por hora.

De largura, o fenómeno pode atingir um diâmetro de 75 metros, mas há casos reportados em que mediram até 1500 metros de diâmetro.

Para a destruição muito contribui o tempo em que o tornado permanece no solo, com fenómenos que circularam por mais de 100 quilómetros.

À exceção da Antártida, foram registados tornados em todos o mundo.

Nos EUA, há uma região tão atingida por este fenómeno, em quantidade e potência destrutiva, que até se tornou conhecida como Tornado Alley, ou ‘corredor dos tornados’.

Na maioria dos países, os serviços meteorológicos medem a força de um tornado através da escala Fujita Melhorada, que vai do F0 (com ventos entre 65 e 115 quilómetros por hora) ao F5 (entre 420 e 530 quilómetros por hora).

Muitos etimologistas acreditam que o nome ‘tornado’ deriva das palavras latinas para trovejar e girar, embora esta teoria esteja muito longe de ser consensual.

Veja o tornado que se formou ao largo de Esposende, a 10 de março de 2018.


Mais partilhadas da semana

Subir