Fórmula 1

O novo Williams com dificuldades em curva

Depois de ter participado nos testes de pré-temporada da Fórmula 1 em Barcelona, a Williams percebeu que tinha um problema ‘em mãos’ com o seu FW41.

Paddy Lowe, o responsável técnico da equipa de Grove, admite que o novo monolugar é especialmente delicado à entrada das curvas. Isso mesmo foi denunciado pelos pilotos, Lance Stroll e Sergey Sirotkin, durante os ensaios no Circuito da Catalunha. E isso parece um conflito entre a aerodinâmica da frente do carro e a da traseira.

“Testamos bastantes coisas durante estes testes e os limites atuais do carro situam-se na entrada da curva e ao nível da estabilidade. Isto acontece frequentemente com um novo monolugar, mas o fenómeno é particularmente marcante no nosso programa de ensaios- Se conseguirmos progressos nestes domínios, conseguiremos melhorar bastante as nossas performances em termos de tempos, já que os outros aspetos do carro funcionam muito bem”, explica Paddy Lowe.

O técnico britânico admite a necessidade de repensar alguns aspetos do FW 41: “Este género de problema tem uma implicação aerodinâmica importante, mas as soluções englobam tudo, desde as suspensões aos pneus. É sempre uma questão multidimensional”.

Mais partilhadas da semana

Subir