Insólito

Noivo desmaia na igreja mas casamento realiza-se no hospital

Um casamento, no Brasil, foi forçosamente realizado num hospital depois do noivo se ter sentido mal e desmaiado em pleno altar. A noiva, ansiosa pelo nó, ‘obrigou’ o padre a realizar a cerimónia no hospital depois de este ter recusado o pedido da mulher por inúmeras vezes.

O casamento é uma ocasião especial que deve seguir, rigorosamente, os planos para que tudo corra extraordinariamente bem. Esta noiva de Maceió, capital do estado brasileiro de Alagoas, não conseguiu equacionar o adiamento da cerimónia e obrigou o padre a realizar o matrimónio no hospital para onde o noivo foi transferido.

Regivaldo Roque, o noivo, sentiu-se mal em pleno altar e acabou mesmo por desmaiar. O padre, Calmon Mata, mandou chamar socorro para o noivo que, depois do diagnóstico inicial, acabou por ser colocado a soro no Hospital Geral do Estado.

Adriana, a noiva que ansiava pelo nó com Regivaldo, não se conformou com o internamento do futuro marido durante várias horas e pediu com insistência ao Padre Calmon que realizasse a cerimónia ali mesmo, no hospital.

Apesar das diversas recusas do padre – até por ir contra as regras e costumes – acabou por ceder aos pedidos de Adriana e realizou o casamento.

Os convidados deslocaram-se até à sala de urgências onde Reginaldo estava internado para a cerimónia e, de agulha no braço, o noivo lá proferiu o tão ansiado ‘sim’ por Adriana.

Entre os convidados de última hora estavam médicos e enfermeiros do Hospital Geral do Estado, que haviam garantido a estabilidade do noivo, que apenas se tinha sentido mal por não se ter alimentado devidamente nos últimos dias.

Receba esta e outras notícias virais no seu e-mail todos os dias!


Patrocinado

Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir
error: