Insólito

Noiva morre na Amadora no momento em que atira o buquê

Uma noiva morreu no passado sábado, na Amadora, no momento em que atirava o ramo de flores para as convidadas solteiras, conta o Correio da Manhã. Celeste Biagué, que contava 42 anos, sofreu um ataque cardíaco fatal.

Um ataque cardíaco fulminante custou a vida a uma noiva, no dia do casamento, que decorria, no passado sábado, na Amadora.

De acordo com o Correio da Manhã, Celeste Biagué, natural da Guiné-Bissau, sofreu um ataque cardíaco, no momento em que cumpria a tradição de atirar o ramo de flores às mulheres solteiras.

A vítima sofria de problemas do foro cardíaco e estava a ser acompanhada. Além da enorme consternação que o incidente provocou, alguns convidados tiveram de receber assistência médica.

Celeste deixa dois filhos e vai ser sepultada na Guiné-Bissau.

Receba esta e outras notícias virais no seu e-mail todos os dias!


Vídeos em Destaque

Patrocinado

Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir