Crónicas

Necessidade, melhor motivadora

«O real nunca consegue igualar o imaginado, porque imaginar as perfeições é fácil, mas muito difícil consegui-las»

Baltasar Gracián

Na Venezuela a declaração do presidente Trump de que a possibilidade de intervenção militar naquele país estava em aberto, deu ao presidente Nicolas Maduro a oportunidade de apelar à união face à ameaça «imperialista» dos Estados Unidos.

Maduro conseguiu desviar a atenção dos confrontos e das manifestações, centrando o assunto na declaração do presidente norte americano.

Os vizinhos da Venezuela não pareceram muito favoráveis à ideia, talvez por saberem que uma intervenção militar teria um início mas ninguém pode garantir qual o seu desenlace. Além de recearem que os efeitos de tal decisão atinjam os seus países, temem abrir um precedente que no futuro se volte contra eles.

Afinal por estes dias, o presidente dos Estados Unidos não é o mais fiável dos líderes.

A América Latina à semelhança de outras regiões do globo parece ter percebido que qualquer tentativa para resolver a questão na Venezuela terá de ter em conta os efeitos para os seus vizinhos e a região.

Confrontados com a necessidade de resolver a situação talvez os países comecem a dialogar entre, sem esperar pela opinião dos Estados Unidos.


Vídeos em Destaque

Patrocinado

Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir
error: