Internacional

Natalie Portman relata situação “assustadora” de assédio

Quando começarem a ser conhecidas algumas histórias de assédio sexual, Natalie Portman achava não ter sido vítima. No entanto, a atriz lembrou-se de uma situação “assustadora” que viveu com um produtor.

Em entrevista à Porter Magazine, a atriz de 36 anos começou por explicar que achava não ter sido vítima de assédio durante a sua carreira, mas que se lembrou de um episódio onde foi convidada a entrar num avião e recebeu propostas indecentes.

“Quando as histórias sobre assédio começaram a surgir, eu comecei a pensar: ‘Acho que não tenho uma história assim’. Depois de um tempo, tu começas a ver com outros olhos coisas que aconteceram contigo, e pensas: ‘Afinal, tenho 100 histórias. Isso foi inaceitável'”, explica a atriz.

Mais detalhadamente, Natalie Portman recordou um episódio “assustador”

“Eu estava a viajar para promover um filme e apanhei um avião particular com um produtor. Só tinha uma cama no avião, ele fez de propósito. Ele fez-me propostas e eu disse ‘não’, disse que estava desconfortável. Foi uma tentativa de manipulação ele chamar-me para ir com ele no avião”, conta.

A experiente atriz – eternizada logo aos 12 anos, com a atuação em ‘Leon: The Professional’ – aproveitou a entrevista para enaltecer aqueles que tiveram coragem de confessar casos de assédio e abuso sexual.

“Acima de tudo, acho que é realmente importante as pessoas que deram a cara”, admitiu. “Eles criaram esta mudança cultural. Muitas pessoas têm falado durante muito tempo mas não têm sido ouvidas, especialmente mulheres de cor, pelo que é muito importante que a indústria ouça”, rematou.

Mais partilhadas da semana

Subir