Tecnologia

NASA descobre planeta com dois sóis mas exclui possibilidade de ter vida

Foi batizado com o nome de Kepler 16 e situa-se a mais de 200 anos-luz da Terra. Astrónomos norte-americanos afirmam não ser possível ter vida pois tem temperaturas geladas e é composto maioritariamente por gases.

Chama-se Kepler 16 e é a mais recente descoberta do nosso universo. A NASA, estação espacial norte-americana, descobriu o planeta que gira em volta de dois sóis. A massa situa-se a cerca de 200 anos-luz do nosso planeta e é quase tão grande como Júpiter, o maior do nosso Sistema Solar. O seu tamanho é comparado a Saturno.

Segundo os responsáveis pela NASA, neste planeta com dois sóis é impossível que haja vida, pois o mesmo é composto por gases e tem temperaturas à superfície que podem atingir mais de 100 graus negativos. Cada sol do Kepler 16 situa-se a cerca de 105 quilómetros do planeta e demora cerca de 229 a efetuar a órbita.

Mais partilhadas da semana

Subir