Nas Notícias

“Não viabilizamos um Governo minoritário do PSD”, avisa presidente do PS

Carlos César, presidente do PS, deixou um aviso ao presidente do PSD, Rui Rio, de que não contará com o apoio dos socialistas, após as eleições legislativas, no caso de ser necessário viabilizar um Governo.

Em declarações à revista Visão, o dirigente socialista explica que a ‘geringonça’ é “repetível”, até porque, em 2019, BE e PCP vão ser parceiros privilegiados.

No próximo ano, se o PSD vencer as eleições mas sem maioria absoluta, Carlos César explica que Rui Rio não deverá esperar pelo apoio dos socialistas.

“Nós não viabilizamos um Governo minoritário do PSD”, explica o presidente do PS e líder parlamentar dos socialistas na Assembleia da República.

“Não viabilizámos agora [nesta legislatura], porque haveríamos de viabilizar em 2019?”, questiona Carlos César.

Rui Rio, recorde-se, já tinha garantido no congresso do PSD que discutir um eventual ‘bloco central’ entre socialistas e sociais-democratas era discutir “o sexo dos anjos”.

Rio já revelou posição do PSD

Na altura, quando se dirigia ao congresso, o presidente do PSD foi claro: “Perdem tempo com o que não existe nem existirá”.

Apesar disso, Rui Rio mostrou abertura para o diálogo com o PS.

“Uma coisa é estarmos disponíveis para dialogar democraticamente com os outros e cooperarmos na busca de soluções para os graves problemas nacionais, que, de outra forma, não é possível resolver”, disse Rui Rui aos militantes do PSD sobre a questão de um possível entendimento com os socialistas.

Agora, é Carlos César a vir a público deixar clara a posição do PS sobre esta matéria.

Mais partilhadas da semana

Subir