EUA

Não, o Twitter não vai apagar a conta de Donald Trump

Uma notícia falsa dava conta da decisão do Twitter em encerrar a conta de Donald Trump, por uso de linguagem de ódio. Nas redes sociais, a informação tornou-se viral.

A notícia ainda está publicada no MSN e terá sido divulgada em Portugal pelo Dinheiro Vivo. Dava conta da decisão do Twitter de encerrar a conta de Donald Trump.

O microblog teria sustentado a sua decisão no facto de não tolerar o uso de linguagem racista, por parte do Presidente eleito dos EUA.

A notícia é falsa e foi publicada no MSN Portugal através do Dinheiro Vivo (que já apagou a informação).

A primeira fonte da notícia (cnn.com.de) é um site falso, que tem fama por inventar notícias e publicá-las nas redes sociais, sobretudo no Facebook, ou em sites que apresentam uma imitação de jornais credíveis.

Depois de cair nas redes sociais, a notícia sobre Trump acabou por ser partilhada em diversos países lusófonos.

Donald Trump tem mais de 19 milhões de seguidores no Twitter e utiliza aquele espaço para comunicar com o mundo, de forma muito recorrente.

O hoax dava conta de uma comunicação de Paul Horner, porta-voz do Twitter, aos jornalistas.

Eis a informação falsa: “O Twitter não irá tolerar utilizadores ativos cuja mensagem é de ódio, racismo e intolerância. Donald Trump poderá ter sido eleito para a Casa Branca, mas alguém tem de enfrentá-lo em nome do povo americano e dizer: ‘Não senhor Trump, não estamos contigo”.

Quem não perdeu a oportunidade para mais um tweet foi Donald Trump, que reagiu no microblog.


Patrocinado

Newsletters PT Jornal

Selecione as newsletters

Mais partilhadas da semana

Subir