Desporto

Mourinho e o Barcelona: Daniel Alves diz que a “inveja é muito feia”

barcelona_daniel_alves_1Já caminha para os dois anos, e promete continuar por outros tantos. Falamos claro das picardias entre Mourinho e o Barcelona, com todos os jogadores e técnicos à mistura.

Depois da vitória categórica do Barcelona no Mundial de Clubes, onde cilindrou na final o Santos por 4-0, José Mourinho, sempre ao seu estilo inconfundível, veio apelidar de “joguinhos” aquilo que a equipa de Guardiola foi fazer ao Japão, mas já lá vamos.

O treinador do Real Madrid começou por afirmar que tudo seria mais fácil se não jogasse em Espanha. Na verdade, o técnico referiu-se a ter na mesma liga precisamente o Barcelona: “Seríamos facilmente campeões se jogássemos noutra liga”, começou por dizer, para depois mandar mais uma farpa em direção ao eterno rival da Catalunha.

“É mais importante ganhar a Liga dos Campeões do que vencer os dois joguinhos do Mundial de Clubes”, afirmou o ‘Special One’, tentando desta forma desvalorizar o feito alcançado pelo Barcelona no passado domingo. Recorde-se que foi a segunda vez que o clube catalão conquistou o Mundial de Clubes.

Agora surge a inevitável resposta, pela boca de Daniel Alves. O lateral brasileiro, por sinal um dos melhores em campo na final frente ao Santos, acusa o Real Madrid de falta de humildade e José Mourinho de desvalorizar tudo o que não é ganho por ele: “Existem sempre desculpas para tudo”, afirma.

O internacional canarino relembra ainda o trajeto do Barcelona na temporada passada: “Para estar no Mundial de Clubes tivemos de ganhar a Champions. A inveja é uma coisa muito feia”, diz o lateral de 28 anos.

Polémicas e picardias à parte, o Real Madrid é líder da Liga Espanhola com 40 pontos, mais três que o rival Barcelona.

Mais partilhadas da semana

Subir