Nas Notícias

Mortes em Pedrógão por “atraso no socorro”, diz autor de relatório

Xavier Viegas, autor do relatório sobre o fogo de Pedrógão Grande, revela que houve “demora no socorro e no tratamento médico” às vítimas.

“Creio que algumas vítimas que acabaram por falecer talvez sobrevivessem”, se os meios de socorro tivessem chegado aos locais mais rapidamente, disse o líder da equipa da Universidade de Coimbra (UC) que elaborou o relatório sobre a tragédia, encomendado pelo Governo.

De acordo com a agência Lusa, o investigador prestou estas declarações num seminário sobre “As lições de Pedrógão Grande”, na academia de Coimbra.

O incêndio de Pedrógão Grande, em junho de 2017, provocou mais de 60 mortos e centenas de feridos, deixando também um rasto de destruição.

O relatório aos fogos de Pedrógão Grande foi coordenado por Xavier Viegas e realizado pelo Centro de Estudos sobre Incêndios Florestais, da Universidade de Coimbra.

Receba esta e outras notícias virais no seu e-mail todos os dias!


Patrocinado

Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir
error: