Ciência

Morreu o físico Stephen Hawking

Morreu Stephen Hawking, físico britânico que se destacou ao longo dos anos com investigações na área da relatividade e dos buracos negros. O homem, que viveu grande parte da sua vida preso a uma cadeira de rodas, tinham um pensamento e inteligência que inspiraram o mundo, dando até origem ao filme ‘A Teoria de Tudo’. Stephen Hawking tinha 76 anos e era considerado como uma ‘mente brilhante’. Morreu na sua casa de Cambridge, nesta madrugada.

“Estamos profundamente tristes com a morte, hoje, do nosso adorado pai. Foi um grande cientista e um homem extraordinário, cujo trabalho e legado permanecerão por muitos anos”, escreveram Lucy, Robert e Tim – filhos do cientista – em texto publicado.

Stephen Hawking nasceu em 1942 e frequentou as universidades britânicas de Oxford e Cambridge.

Há anos que sofria de esclerose lateral amiotrófica, uma rara doença que não o impediu de chegar à elite da investigação científica.

Apesar das limitações decorrentes da doença, o físico manteve as funções cognitivas intactas e há anos que comunicava os seus pensamentos e investigação com o mundo através da tecnologia (por via de um sistema de voz computadorizado).

Nunca perdeu a esperança de procurar vida em outros planetas e defendia a sua teoria contra tudo e contra todos.

“Não há questão maior. Está na hora de nos comprometermos a achar a resposta, a procurar vida fora da Terra. Estamos vivos. Somos inteligentes. Precisamos saber”, chegou a dizer o homem que morreu aos 76 anos de vida.

Veja um vídeo em tributo a Stephen Hawking:


Mais partilhadas da semana

Subir