Insólito

Militares da Noruega perdem-se na neve e invadem a Finlândia

Está instalada uma gargalhada diplomática no norte da Europa. Sete militares noruegueses perderam-se ao patrulhar o norte de Enontekiö e acabaram a um quilómetro da fronteira, já na Finlândia. “É altura de nos rendermos”, gozam os finlandeses.

A invasão foi confirmada pelo porta-voz das Forças Armadas da Noruega.

“É verdade que uma patrulha norueguesa, equipada com motas de neve, enganou-se na navegação e foi parar a algumas centenas de metros no lado finlandês da fronteira”, admitiu o major Brynjar Stordal.

De acordo com a rádio estatal norueguesa NRK, o incidente está a ser tratado como sendo de gravidade, tendo sido aberto um inquérito urgente ao sucedido.

A situação foi reportada pelos sete militares noruegueses ao comando, que fizeram subir a informação até ao Ministério da Defesa, que de pronto ativou os canais diplomáticos para fazer chegar a mensagem ao congénere finlandês.

A Finlândia também abriu um inquérito, embora realçando que não atribui gravidade ao caso, uma vez que foi comunicado pela própria Noruega.

Esse inquérito vai prosseguir “em cooperação com as autoridades norueguesas”.

As autoridades tentam desdramatizar, mas as redes sociais não o permitem.

Este “incidente internacional” tornou-se no tema do momento em ambos os países, sobretudo na Finlândia, devido à “invasão”.

“É altura de nos rendermos”, adianta o comentário (irónico) mais partilhado.

A anexação da Finlândia pela Noruega tem uma vantagem. “O dinheiro do petróleo significa o fim dos nossos problemas financeiros”, lembram alguns internautas finlandeses.

Há quem lembre que a situação era inevitável, pois “o ponto fronteiriço de Enontekiö está marcado com uma bola de neve”, como se vê na foto do local.

Mais partilhadas da semana

Subir