Tecnologia

Mercado dos smartphones terá quebra de vendas no próximo ano

iphone_4s_3O ano de 2012 será negativo para o mercado dos smartphones, que deverá registar uma quebra de vendas em Portugal, na ordem dos 14 por cento. A perda do poder de compra é decisiva dos consumidores determina estas perdas, que não devem afetar as vendas de tablets, segundo previsões da consultora IDC. As quebras nos computadores atingirão os 30 por cento.

Em tempos de abrandamento económico, o mercado dos smartphones vai retrair, no próximo ano, o que representa uma inversão na lógica de crescimento verificada desde 2006. Já durante o ano de 2011 verificou-se uma ligeira quebra, de 0,5 por cento, realidade que se acentuará de forma significativa no próximo ano.

Segundo estimativas do IDC, consultora que se dedica às tecnologias de informação, a diminuição de vendas de smartphones atingirá os 14 por cento, cenário que será travado em 2012, com a retoma em perspetiva.

Também os computadores pessoais e portáteis vão sofrer com a crise, de forma ainda mais acentuada, com diminuições de vendas que ficam perto dos 30 por cento.

Já no que diz respeito à venda de tablets, o mercado não vai ser afetado, em 2012. Aliás, prevê-se um aumento para os próximos anos. Estes dados foram fornecidos à agência Lusa por Gabriel Coimbra, responsável daquela consultora.

Mais partilhadas da semana

Subir