Saúde

Maternidades com menos de 1500 partos por ano podem fechar

paulo_macedo1O Ministro da Saúde, Paulo Macedo, disse hoje que as maternidades com menos de 1500 partos por ano não devem estar a funcionar, admitindo o seu encerramento ou fusão.

Em visita ao Hospital de Santo André em Leiria, Paulo Macedo afirmou que “as maternidades que tiverem menos de 1500 partos por ano, de acordo com os indicadores da Organização Mundial de Saúde (OMS), não deveriam estar a funcionar”.

O ministro assegurou ainda que “terá de se fazer o que for melhor e, mais uma vez, aquilo que os impostos dos portugueses possam suportar”, sublinhando que a medida permitirá aumentar a qualidade do serviço prestado e diminuir a taxa de mortalidade infantil.

De acordo com os dados mais recentes da Direção Geral de Saúde, referentes a 2009, há 13 maternidades com menos de 1500 partos por ano, limiar mínimo de segurança de acordo com a OMS.

No Norte existem apenas dois hospitais que não cumprem os requisitos. No zona Centro há outras quatro unidades, assim como na região de Lisboa e Vale do Tejo. No Alentejo, três centros hospitalares registavam menos de 1500 partos anualmente e no Algarve não há registo de unidades de saúde abaixo deste limite.

Mais partilhadas da semana

Subir