Internacional

Maitê Proença: “Sofri assédio inúmeras vezes, mas sobrevivi”

A atriz brasileira Maitê Proença também foi vítima de assédio. “Inúmeras vezes”, revelou. E acrescentou como é que se vence o trauma: “Sobrevivi”.

Mais conhecida dos portugueses pelas novelas, a atriz celebrou os 40 anos de carreira com uma peça de teatro, A Mulher de Bath.

O texto original de Chaucer, que integra Os Contos de Cantuária, pode ser interpretado como um dos primeiros a abordar o feminismo, ainda no século XV.

Mas não perdeu atualidade, como Maitê Proença demonstrou, quando confrontada com uma pergunta inevitável.

“Sofri assédio inúmeras vezes, mas sobrevivi”.

Foi a única referência da atriz, sem mais explicações, na longa entrevista que deu ao Diário de Notícias, a propósito do espectáculo.

Sobre A Mulher de Bath, destacou “a contemporaneidade do tema, pela forma com que ela conta as artimanhas do amor, a sua luta pela igualdade entre os sexos e a comunicabilidade do texto”.

“Ela é ousada, verdadeira, destemida e muito engraçada”, reforçou: “O que diz surpreendeu na sua época, atravessou os séculos e causa espanto hoje”.

Receba esta e outras notícias virais no seu e-mail todos os dias!


Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir