Europa

Mãe descobre que filha capotou o carro… através de selfie da polícia

A mãe de Georgia Oak ficou a saber que a filha se tinha envolvido num aparatoso acidente rodoviário depois da polícia de Salisbury, Reino Unido, ter publicado uma selfie sorridente com um carro acidentado como plano de fundo.

As condições meteorológicas que tem assolado Portugal nos últimos dias têm sido transversais um pouco por toda a Europa. No Reino Unido, as estradas congeladas provocaram um acidente que se propagou nas redes sociais por razões ‘caricatas’.

Georgia Oak é funcionária de um hospital, no Reino Unido, e viu o seu acidente ser ontem usado por uma campanha de sensibilização para segurança rodoviária perante o atual estado do tempo.

Até aqui não havia problema, até porque a vítima saiu do incidente sem qualquer ferimento. No entanto, Georgia ficou furiosa com as autoridades de Salisbury, por estas terem utilizado um fotografia do acidente, dando a notícia do automóvel capotado à sua mãe numa autêntica ‘primeira mão’.

“Algumas fotos simplesmente não precisam de palavras. Muitas advertências para conduzir em segurança hoje e, felizmente, ninguém sofreu neste incidente”, escreveu a força policial a acompanhar a fotografia de dois agentes sorridentes.

A resposta de Georgia Oak não se fez esperar, com a vítima a escrever que “foi desta forma” que a mãe “ficou a saber do acidente”.

Seguiram-se trocas de mensagens entre os dois intervenientes deste episódio, com a polícia a explicar que foi “cuidadosa” em não identificar nem a vítima nem o veículo na fotografia, e que esta foi tirada depois da situação estar “resolvida”.

“A publicação ajudou a propagar rapidamente a mensagem de segurança – as redes sociais usaram-na positivamente. (…) Se isso evitou que alguém se tenha magoado em circunstâncias semelhantes, valeu a pena. Esperamos que você tenha o apoio do seu seguro e volte rapidamente às estradas”, escreveram.

A vítima acabou por agradecer a resposta e o “rápido apoio” das autoridades, sublinhando que a mãe “ficou chocada” com a forma como teve conhecimento do mesmo.

Mais partilhadas da semana

Subir