Nas Notícias

Ljubomir Stanisic: “Faz-me feliz matar um javali, dar-lhe festinhas enquanto o sangue lhe cai pelo pescoço”

O chef sérvio concedeu uma entrevista ao Expresso, onde teceu considerações polémicas. “Faz-me feliz matar um javali, dar-lhe festinhas enquanto o sangue lhe cai pelo pescoço”, disse. O deputado do PAN, André Silva, reagiu, chamando “psicopata” a Ljubomir Stanisic.

Uma polémica entrevista de Ljubomir Stanisic ao Expresso tem gerado reações de revolta, nas redes sociais, em virtude de uma frase do sérvio.

O controverso chef tem um histórico de polémicas, desde o dia em que criticou os vegetarianos, afirmando que “se não houvesse televisão, papavam vaquinhas e porquinhos”.

O sérvio já revelara que sente prazer em matar animais. “Um porco, uma vaca, um cabrito, uma ovelha, um pombo, uma perdiz, um coelhinho, são animais que eu tenho prazer de comer como de matá-los. Eu vou à caça e tenho mesmo muito prazer em depená-los. É uma morte digna desse animal”, afirmou.

Agora, em entrevista ao Expresso, Ljubomir Stanisic volta a chocar.

“Faz-me feliz tirar as espinhas a uma sardinha, dar um tiro num pombo ou num faisão, matar um javali e ir lá com a faca sangrá-lo, tirar-lhe o sangue todo, fazer-lhe festinhas enquanto o sangue lhe cai pelo pescoço. Deixa-me triste, mas faz-me feliz ao mesmo tempo”, referiu, àquele semanário.

Esta declaração já provocou uma reação política, com André Silva, deputado eleito pelo PAN, a chamar “psicopata” a Stanisic.


Patrocinado

Apps PT Jornal

Descarregar na App StoreDescarregar do Google Play

Newsletters PT Jornal

Selecione as newsletters

Mais partilhadas da semana

Subir