Fórmula 1

Lewis Hamilton vai precisar de sorte para manter a liderança

Apesar da vitória conseguida no Grande Prémio do Azerbaijão, Lewis Hamuilton já admitiu que lhe vai ser muito difícil manter o comando do Campeonato do Mundo de Fórmula 1.

O britânico ascendeu ao comando da tabela com quatro pontos de vantagem sobre Sebastian Vettel, mas concede que a Ferrari tem o carro mais rápido, considerando que vai precisar de muita sorte para conservar a liderança do campeonato de pilotos.

“Liderar o campeonato é ótimo, mas se continuarmos como estamos vamos precisar de corridas com sorte para que me mantenha onde estou. Não podemos esperar tê-la nas próximas 17 corridas”, afirmou o Campeão do Mundo em declarações à publicação espanhola Marca.

A dificuldade que Hamilton vê na performance do seu Mercedes é a forma como gere os pneus, embora reconheça que pessoalmente também tem de melhorar: “O carro tem andamento mas não estou totalmente confiante nele. Precisamos de performance e eu preciso de ritmo. O verdadeiro andamento deles (Ferrari) é muito melhor do que o nosso de momento. Não quero com isto dizer que temos um carro mau, mas precisamos de melhorar para torná-lo mais fácil de guiar. Senti-me bem na Austrália, mas não funcionou desde então e não sei bem porquê”.

Mais partilhadas da semana

Subir