Leves no físico e fortes na alma

Felicidade

Viver é Amar…. Amar muito!!!

Transformar coraçõezinhos em majestosos músculos do Amor…

Para que sejamos capazes de aceitar em Paz tudo aquilo que nos sucede dando oportunidade ao crescimento em direcção à perfeição…

O processo de vida é aprender a receber e a deixar partir… Aceitar que tudo temos e que nada é nosso, nada é permanente…. A zona de conforto conquista-se, saboreia-se e logo logo teremos que a deixar, ou por livre arbítrio ou quando o desgaste e/ou sofrimento se instalam. Temos que ser sábios, leves no físico e fortes na Alma para seguir o plano destinado ao nosso Ser.

A nossa existência é Eterna passando pela experiência da dualidade dos opostos… O físico de tão denso que é tendo agregado um “corpo emocional” e um “corpo mental” sente tão profundamente que acaba por atrair uma névoa mais ou menos espessa conforme a sabedoria de cada Alma. A alegria e o sofrimento, a doença e a cura, o amor físico e o desamor, o ter e o deixar de ter são oposições a que estamos frequentemente expostos e que com o passar do tempo podem levar ao desequilíbrio, ao cansaço, à depressão, pois quando essa neblina em vez de ser cada vez mais transparente se transforma numa cortina de ferro vai dificultar a visualização da verdade… E longe do caminho certo vamos experimentar constantes desilusões… É urgente aprendermos mais sobre quem somos e qual o nosso propósito, de forma a nos tornarmos Um só, vibrando Todos na mesma frequência…

O resgate da humildade e da simplicidade são a chave da porta que nos leva à translúcida verdade de que nada somos se continuarmos a viver no nosso mundinho sem a percepção de que muito somos quando o coração se abre em prol do próximo, Servindo…

{loadposition inline}Convido todos aqueles que foram atraídos a estas palavras a experimentarem viver sobre as Leis que regem este Universo.


Patrocinado

Apps PT Jornal

Descarregar na App StoreDescarregar do Google Play

Newsletters PT Jornal

Selecione as newsletters

Mais partilhadas da semana

Subir