Desporto

Lamento de Luís Castro não passou despercebido a quem ama o futebol

“Se perdemos por três, quatro ou cinco, estamos vendidos não sei a quem. Se ganhamos, estamos comprados não sei por quem”, lamenta Luís Castro, técnico do Desportivo de Chaves.

As declarações de Luís Castro, após a derrota do Desportivo de Chaves diante do Sporting, conquistaram os adeptos do futebol.

O técnico abordou as suspeitas de manobras de bastidores, as alegadas malas com dinheiro para jogadores de equipas pequenas, em troca de resultados.

E criticou quem acha que se vende a honra por tão pouco.

“No futebol português, preside princípio de que isto é tudo uma cambada de desonestos. Se perdemos por três, quatro ou cinco, estamos vendidos não sei a quem. Se ganhamos, estamos comprados não sei por quem”, criticou.

Para o técnico, os atores do desporto-rei, em Portugal, deixarem de ser “intelectualmente honestos”.

“Somos uns atores nesta peça de teatro que está montada”.

“Resguardo-me a treinar e a levar a minha equipa a jogo, até ao futebol português querer. Quando não quiser… fechamos. E há mais um ator a ir para casa”, afirma.

Mais partilhadas da semana

Subir