Mundo

“Lady Gaga morta”, o isco para fraude no Twitter e no Facebook

lady_gaga_born_this_way_1Uma página no Facebook, que tem por objetivo facilitar o acesso a um filme sobre a suposta morte de Lady Gaga, é isco para uma nova fraude na Internet.

BitDefender descobriu uma nova fraude no Facebook que usa a suposta morte da cantora Lady Gaga para distribuir malware. Os ciberdelinquentes criaram uma página no Facebook com o nome: ‘Breaking News: Lady Gaga found dead in Hotel Room’ (Notícia de última hora: Lady Gaga foi encontrada morta num quarto de hotel), na qual incorporaram um suposto vídeo em que se vê a notícia.

Para dar mais credibilidade à sua página, utilizaram como imagem de perfil o logotipo da cadeia televisiva BBC. Contudo, os utilizadores que tentam ver o vídeo, na realidade, acabam por descarregar no seu equipamento um exemplar de malware.

Para propagar ainda mais esta ameaça, os ciberdelinquentes incluíram a possibilidade de publicar a notícia no Twitter, incluindo um título e o link para o vídeo. Esta situação fez com que a ameaça se esteja a propagar também pela rede social Twitter.

Mais partilhadas da semana

Subir