Internacional

Ken Humano fura protesto nos Globos de Ouro. “Ao menos não fui o único…”

Habituado a dar nas vistas, o Ken Humano foi de branco aos Globos de Ouro. “Não fui avisado” que era para ir de preto, numa manifestação de luto contra a violência sexual, revelou.

Como ‘compensação’, Rodrigo Alves (o verdadeiro nome desta celebridade), depois da cerimónia, pintou o cabelo de preto.

“Alguns jornalistas notaram e perguntaram-me se não tinha sido avisado. Realmente, não fui! Mas já estou habituado a que olhem de lado para mim”.

O Ken Humano foi um dos muito poucos convidados a optar pelo branco, mas não se mostrou muito arrependido: “Ao menos não fui o único, houve mais gente que não foi vestida de preto”.

As críticas de que está a ser alvo, nas redes sociais, pouco importam para este brasileiro.

“O Justin Timberlake e o Zac Efron elogiaram o meu estilo”, contrapôs.

“Conheci tantas celebridades, mas o Justin Timberlake foi a melhor pessoa com quem falei. O Zac é muito fixe e relaxado e fez-me sentir melhor por ter ido de branco. Houve ainda muitas famosas que me pediram recomendações de cirurgiões plásticos”.

Após dar nas vistas por furar o protesto, o Ken Humano lá arranjou maneira de se associar ao mesmo.

“Pintei o meu cabelo de preto em apoio à campanha contra o abuso sexual em Hollywood e pelo facto de ter aparecido no evento vestido de branco”, revelou.

Receba esta e outras notícias virais no seu e-mail todos os dias!


Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir
error: