Desporto

“Jesus foi despedido e humilhado”, revela Octávio

Octávio Machado acaba de garantir que Jorge Jesus “foi despedido e humilhado”, por Bruno de Carvalho, na famosa reunião de segunda-feira, em Alvalade.

Numa intervenção polémica na Liga de Ouro, da CMTV, o antigo dirigente leonino assegurou que o treinador saiu da reunião com a certeza de estar “despedido”, acrescentando logo de seguida: “Verbalmente”.

“Só continua para defender o Sporting e conquistar a Taça”, insistiu Octávio.

“Humilhou-o verbalmente. Não houve troca de nada. E foi despedido verbalmente, só faltava formalizar. Ponto”, assegurou.

Esse despedimento só não passou à prática por causa do “dia mais negro da história do Sporting”, o de ontem, quando cerca de 50 adeptos invadiram a Academia e agrediram jogadores, treinadores e outros funcionários.


“Falta-lhe dizer uma coisa que você sabe e que eu também sei”, acrescentou José Manuel Freitas: foi dito a Jorge Jesus para ficar “à espera de amanhã [terça-feira, ontem] para saber o que vai acontecer”.

 

Mais partilhadas da semana

Subir