Tecnologia

Homens correm mais riscos do que as mulheres no Facebook e Twitter

facebook3Estudo da BitDefender revela que os homens são mais propensos a cair em enganos e roubos de dados em redes sociais como o Facebook e o Twitter. As mulheres são mais precavidas na hora de partilhar informação, ou aceitar pedidos de amizade.

Os homens estão mais predispostos que as mulheres a aceitar pedidos de amizade de desconhecidos, partilhar a sua localização, ignorar configurações de privacidade, deixar as suas contas à vista de todos e evitam a leitura de políticas de privacidade nas redes sociais, segundo um inquérito realizado pela BitDefender a 1649 homens e mulheres do Reino Unido e dos Estados Unidos da América.

Este comportamento tão atrevido pode aumentar o risco de sofrer ataques por parte de ladrões de dados privados e outras fraudes, e aumentar a probabilidade de ser enviado para ligações que os dirijam a lugares infetados. Não obstante, todos os entrevistados reconheceram ter instalado um antivírus no computador, o que demonstra uma consciência real dos problemas de segurança informática.

O estudo revela que 64,2 por cento das mulheres rejeita sempre pedidos de amizade de estranhos, enquanto que apenas 55,4 por cento dos homens o faz. Cerca de 24,5 por cento dos homens deixa visíveis as suas contas nas redes sociais, contra 16 por cento das mulheres. No que diz respeito à partilha da localização, 25,6 por cento dos homens fá-lo, mais do que as mulheres (21,8 por cento).

Por outro lado, os homens norte-americanos correm mais riscos que os seus pares ingleses e, de um modo geral, tornam-se mais cautos com a idade, segundo a divisão por idades que o estudo realiza.

Como dado positivo, o estudo revela que apenas um quarto dos utilizadores partilha a sua localização, o que demonstra que é um dado importante para os mesmos. Contudo, a maioria das aplicações de redes sociais, sobretudo para telemóveis, está desenhada para dar esta informação por defeito, o que pode levar a situações perigosas.

Mais partilhadas da semana

Subir