Insólito

Homem de 130 quilos processa restaurante porque cadeiras são demasiado pequenas

cadeira_fast_food_1A cadeia de fast-food White Castle tem em mãos um processo ‘pesado’ para resolver. Um homem de 64 anos interpôs uma ação em tribunal contra o restaurante afirmando que as cadeiras não servem para a sua medida.

O caso chega-nos dos Estados Unidos da América (EUA), da região de Nova Iorque. Martín Kessman é um consumidor habitual de fast-food e talvez esteja aqui uma das razões porque pesa 130 quilos. Segundo declarações do mesmo, nunca teve qualquer tipo de problema nas restantes cadeias deste tipo de alimentação. Porém, há cerca de dois anos atrás, visitou a White Castle e deixou uma reclamação relativa ao mobiliário do restaurante. Para Martín, as cadeiras não foram feitas à sua medida.

A administração respondeu rapidamente com três cartas onde inclusive, oferecia ao cliente afetado algumas ofertas nos seus restaurante. Mas o homem queria mais que isso.

Após dois anos sem ver qualquer mudança no restaurante que tinha visitado, Martín processou agora a companhia, alegando que se sente descriminado pois as cadeiras que preenchem a sala não foram feitas para que se possa sentar confortavelmente.

Mais partilhadas da semana

Subir