Economia

Há 47 milhões de euros em notas de escudos que vão valer… zero

Se tem guardadas notas de escudos já lhe falta tempo para as trocar por euros. Quatro notas prescrevem já a 1 de janeiro e, se não forem trocadas, são mais de 46,6 milhões de euros que passam a valer… zero euros.

Os dados foram avançados pelo Banco de Portugal e citados pelo Diário de Notícias.

A 1 de janeiro, há 4,2 milhões de notas da antiga moeda portuguesa que prescrevem. Serão mais de 46,6 milhões de euros a valer zero!

Até segunda-feira, essas notas de 10.000, 5000, 2000 e 1000 escudos podem ser trocadas pelo valor correspondente em euros no Banco de Portugal.

Tratam-se das notas com as efígies de Egas Moniz (10.000 escudos), Antero de Quental (5000), Bartolomeu Dias (2000) e Teófilo Braga (1000 escudos).

Estas notas correspondem a valores totais de 9,5 milhões de euros (as de 10.000 escudos), 18,3 milhões, 5,4 milhões e 2,7 milhões de euros (as de 1000 escudos).

“Se as notas foram guardadas com o objetivo de ganhar dinheiro no futuro, as pessoas podem esquecer essa ideia”, explica Rui Monteiro,

“Essas notas não têm qualquer valor numismático, existem muitas”, acrescentou o dirigente da Associação Nacional de Numismática, em declarações ao DN.

Basta uma consulta rápida aos portais de venda direta online para se perceber que há quem queira fazer render os escudos do Portugal ‘pré-europeu’.

A título de exemplo, uma nota de mil escudos com a efígie estava hoje à venda por 12 euros.

Mais partilhadas da semana

Subir